Africa

Revelada a pegada climática do setor de Viagens & Turismo em África

Conselho Mundial de Viagens e Turismo e Centro Global de Turismo Sustentável, com sede na Arábia, divulgam pesquisa inovadora

O PIB do setor cresceu em média 2,6% ao ano, enquanto sua emissão de gases de efeito estufa aumentou apenas 1,2%

Londres, Reino Unido: O Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC) e o Centro Global de Turismo Sustentável, com sede na Arábia Saudita, divulgaram novos dados revolucionários detalhando a pegada climática do setor de Viagens e Turismo na África.

De acordo com os novos dados, entre 2010 e 2019, o setor africano de viagens e turismo separou seu crescimento económico de suas emissões de gases de efeito estufa.

Os dados mostram que a contribuição total para o PIB da África cresceu em média 2,6% ao ano, enquanto a emissão de gases de efeito estufa aumentou apenas 1,2% durante o mesmo período.

Os dados também demonstram como a intensidade das emissões do setor continua diminuindo.

Em 2010, para cada 1 dólar do PIB de Viagens e Turismo da região, o setor emitiu 1,45 kg de emissões de gases de efeito estufa.

Mas em 2019, quando Viagens & Turismo estava no auge, esse número caiu mais de 11%, para 1,29kg. Este declínio significativo demonstra o progresso das mudanças implementadas pelos governos e líderes empresariais em toda a África para criar um setor mais sustentável.

No mesmo ano, o setor foi responsável por uma média de apenas 6,6% das emissões totais de gases de efeito estufa em toda a África.

Em um dos maiores projetos de pesquisa desse tipo já realizado, o órgão global de turismo pode, pela primeira vez, relatar e rastrear com precisão o impacto que as indústrias do setor têm no meio ambiente.

Esta pesquisa abrangente contempla 185 países em todas as regiões e será atualizada a cada ano com os números mais recentes.

Julia Simpson, Presidente e CEO do WTTC, disse: “Hoje, podemos fornecer aos governos de toda a África as informações abrangentes de que precisam para dar passos significativos em direção ao Acordo de Paris e aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU.

“O setor de Viagens & Turismo na região desvinculou seu crescimento económico de suas emissões de gases de efeito estufa e reduziu sua intensidade de emissões em mais de 11%, mas sabemos que ainda há trabalho a ser feito.

“Para alcançar nossos objetivos e ambições, devemos dar passos maiores e mais ousados para reduzir nossas emissões absolutas.

“E para isso precisamos do apoio do governo para acelerar a produção de Combustíveis de Aviação Sustentáveis, que terão um impacto significativo em nossa pegada, além de trazer mais energia renovável para nossas redes nacionais.”

As descobertas globais foram lançadas na 22ª Cúpula Global do órgão de turismo global em Riade, Arábia Saudita, em novembro deste ano.

Esta pesquisa foi possível graças à parceria entre o Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC) e o Centro Global de Turismo Sustentável, com sede na Arábia Saudita. Sob a Iniciativa verde saudita, mais de 60 iniciativas foram lançadas no ano passado, representando mais de 186 bilhões de dólares em investimentos na economia verde.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s