Islândia, Argentina, Cazaquistão, Colômbia e Ilhas Turcas e Caicos unem-se a mais de 145 destinos na adoção do primeiro selo global de segurança e higiene

O selo “Safe Travels” do WTTC continua a restaurar a confiança do consumidor globalmente

Londres, Reino Unido: Islândia, Argentina, Cazaquistão, Colômbia e Ilhas Turcas e Caicos são os principais destinos mais recentes a adotar o selo global de segurança e higiene do World Travel & Tourism Council (WTTC), lançado no início deste ano.

O selo Safe Travels foi desenvolvido como o primeiro de seu tipo para ajudar a restaurar a confiança dos viajantes e tem como objetivo revitalizar um setor de viagens e turismo em dificuldades. Agora está sendo usado por mais de 145 destinos, incluindo os principais destinos de férias, como Porto Rico, Filipinas, Portugal, Turquia e Maldivas.

O selo permite que os viajantes identifiquem quais destinos ao redor do mundo adotaram protocolos padronizados de saúde e higiene globais – para que possam experimentar um ‘turismo seguro’. Esse movimento marcante do WTTC também recebeu o apoio da Organização Mundial de Turismo das Nações Unidas (OMT).

O lançamento de protocolos globais para recuperar o setor de Viagens e Turismo foi adotado por mais de 200 CEO’s, incluindo alguns dos maiores grupos de turismo do mundo.

Gloria Guevara, Presidente e CEO do WTTC, disse:

Estamos absolutamente maravilhados com o sucesso do nosso selo “Safe Travels”. Mais de 145 destinos agora usam o selo com orgulho, todos trabalhando juntos para ajudar a reconstruir a confiança do consumidor em todo o mundo. A coordenação global é mais importante do que nunca no caminho para a recuperação.

À medida que a popularidade do selo continua crescendo, os viajantes serão mais facilmente capazes de reconhecer destinos em todo o mundo que adotaram esses importantes protocolos globais padronizados, incentivando o retorno a um ‘turismo seguro’ em todo o mundo.

O sucesso do selo mostra sua importância tanto para os países e destinos, mas também para os viajantes e os 330 milhões de pessoas ao redor do mundo que trabalham e dependem de um próspero setor de Viagens e Turismo.

O Sr. Skarphedinn Berg Steinarsson, Diretor Geral, Conselho de Turismo da Islândia, disse:

O Conselho de Turismo da Islândia implementou diretrizes de Limpeza e Segurança para empresas de turismo que estão trabalhando duro para aderir ao governo e à saúde pública e está empenhado em conquistar a confiança do viajante e garantir a segurança . As diretrizes estão alinhadas com o WTTC, a quem queremos expressar nossa gratidão por seu esforço em estabelecer e desenvolver o novo selo de segurança global e protocolos de viagens seguras.

À medida que a indústria do turismo começa a recuperar-se da pandemia da COVID-19 e as pessoas sentem vontade de viajar novamente, é importante que as empresas de turismo estejam prontas para receber seus hóspedes e clientes de forma segura e responsável. A colaboração global com diretrizes harmonizadas é vital e ajuda-nos a atingir esse objetivo, a fim de restaurar a confiança do público no setor de turismo para viagens futuras.

Yerzhan Yerkinbayev, Presidente, JSC, National Company, Kazakh Tourism, disse:

Enquanto o mundo está mudando para um novo normal e a indústria está passando por uma tremenda transformação, nós da Kazakh Tourism acreditamos fortemente em uma única voz das empresas e governos nestes tempos difíceis. Os clientes em todo o mundo esperam segurança e protocolos abrangentes em vários estabelecimentos de turismo e, portanto, uma abordagem única que derive das empresas de turismo que formam o núcleo do WTTC é muito necessária agora do que nunca.

O Turismo do Cazaquistão dá as boas-vindas à iniciativa “Safe Travels” do WTTC. Os protocolos da indústria desenvolvidos com base nas recomendações da OMS e do CDC são oportunos e ajudarão a ganhar a confiança do viajante. Entendemos que levará muito tempo para ver o setor recuperar-se totalmente, mas, trabalhando juntos e implementando o “Safe Travels”, estamos um passo mais perto de atingir a meta.

A adoção generalizada do selo demonstra que o WTTC e todos os seus membros ao redor do mundo têm a segurança e a higiene dos viajantes como sua principal prioridade. As evidências do relatório de preparação para crises do WTTC, que analisou 90 tipos diferentes de crises nos últimos 20 anos, destacam a importância da cooperação público-privada e da implementação de protocolos padronizados.

O WTTC tem estado na vanguarda da liderança do setor privado no esforço para reconstruir a confiança do consumidor global e encorajar o retorno do “Turismo Seguro”. De acordo com o Relatório de Impacto Económico de 2020 do WTTC, durante 2019, Viagens e Turismo foi responsável por um em cada 10 empregos (330 milhões no total), fazendo uma contribuição de 10,3% para o PIB global e gerando um em cada quatro de todos os novos empregos.

Published by

Eveline Fernandes

Economist. Brand Manager

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s