Gastronomy Tourism

Fórum de Turismo Gastronómico destaca desenvolvimento de talentos e redução de resíduos

‘Turismo Gastronómico para as Pessoas e o Planeta: Inovar, Capacitar e Preservar’ foi o tema de especialistas nacionais e internacionais reunidos em Nara para o 7º Fórum da OMT sobre Turismo Gastronómico.

Organizado pela OMT e pelo Centro Culinário Basco (BCC), o Fórum oferece uma plataforma para promover a contribuição do turismo gastronómico para capacitar mulheres e jovens e apoiar a sustentabilidade. Esta edição contou com a participação de mais de 450 delegados de 30 países e mais de 1.000 participantes online de 125 países ao longo dos dois dias de evento.

Abrindo o Fórum, o Secretário-Geral da OMT, Zurab Pololikashvili, disse: “O Fórum deste ano representa uma oportunidade única para especialistas compartilharem suas melhores práticas e aprimorarem o papel do Turismo Gastronómico em talento, sustentabilidade, inovação e inclusão social, além de destacar sua importância para desenvolvimento regional e rural”.

Joxe Mari Aizega, Diretor Geral do Centro Culinário Basco, acrescenta: “A gastronomia enfrenta muitos desafios, mas também temos muitas oportunidades. É um setor diversificado e amplo, uma cadeia de valor que inclui produção, hotelaria, turismo e restaurantes. Ele também integra dimensões culturais, sociais e económicas. Este fórum abordou a complexidade do setor do turismo gastronómico, e também refletiu o seu enorme potencial.”

Turismo para jovens e empoderamento de género

Para garantir que o turismo gastronómico sirva de alavanca para promover o empoderamento feminino e juvenil, os participantes destacaram a necessidade de oferecer melhores condições de trabalho e engajamento para atrair e reter talentos. Paralelamente, o Fórum focou-se também nas melhores formas de conceber estratégias e práticas de turismo gastronómico que assegurem a utilização sustentável dos recursos, a promoção dos produtos e saberes locais e o consumo responsável.

Foi dada ênfase especial à necessidade de reduzir o desperdício de alimentos como forma de apoiar um sistema alimentar global mais sustentável. Nesta ocasião, a OMT lançou a consulta pública para o Roteiro Global de Redução do Desperdício Alimentar no Turismo, desenvolvido no âmbito do Programa de Turismo Sustentável One Planet, para permitir uma ação consistente e aumentar a circularidade.

As empresas comprometem-se com o turismo ético

Nara também foi a anfitriã do 3º Concurso Global de Startups de Gastronomia da OMT, organizado pela OMT e pelo BCC. Aqui, seis empreendedores talentosos compartilharam soluções para os desafios impostos pelos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. A Byfood do Japão foi selecionada como vencedora de uma competição que também contou com Local Food (Bulgária), 2492IOneArmenia (Arménia), Tenemos Filo (Colômbia), Beyondnext (República da Coreia) e Soplaya (Itália) compartilharam suas propostas inovadoras.

Nesse contexto, nove empresas do Japão assinaram o Compromisso do Setor Privado com o Código Global de Ética para o Turismo na presença do Secretário-Geral da OMT, do Vice-Comissário da Agência de Turismo do Japão, do Chefe do Escritório de Apoio Regional da OMT para a Ásia e o Pacífico e o Governador da Província de Nara.

O Fórum 2023 acontecerá em Donostia-San Sebastian, no País Basco, na Espanha. O jantar de despedida oferecido pela Basquetour e pelo Departamento de Turismo, Comércio e Consumo do Governo basco trouxe a gastronomia basca a Nara pelas mãos dos chefs bascos Diego Guerrero (conselheiro do BCC e do restaurante DSTAgE Concept), Álvaro Garrido (Restaurante Mina) e Gorka Txapartegi (Restaurante Alameda).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s