Institutions

WTTC revela os primeiros dados globais de pegada climática de Viagens e Turismo

O WTTC e o Centro Global de Turismo Sustentável, com sede na Arábia Saudita, lançam a primeira pesquisa ambiental e social

Entre 2010 e 2019, o PIB do setor cresceu em média 4,3% ao ano, enquanto sua pegada climática aumentou apenas 2,4%

Riade, Arábia Saudita: O Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC) divulgou hoje novos dados inovadores detalhando a pegada climática do setor global de Viagens e Turismo.

As descobertas foram lançadas na 22ª Cimeira Global do órgão de turismo global em Riade pelo Conselho Mundial de Viagens e Turismo e pelo Centro Global de Turismo Sustentável da Arábia Saudita.

Pela primeira vez no mundo, esta pesquisa abrangente contempla 185 países em todas as regiões e será atualizada a cada ano com os números mais recentes.
Durante seu discurso de abertura, Julia Simpson, Presidente e CEO do WTTC, anunciou as descobertas da Pesquisa Ambiental e Social (ESR). Em um dos maiores projetos de pesquisa desse tipo já realizado, o WTTC pode, pela primeira vez, relatar e rastrear com precisão o impacto que as indústrias do setor têm no meio ambiente.

Estimativas anteriores sugeriram que o setor global de viagens e turismo era responsável por até 11% de todas as emissões. No entanto, a pesquisa pioneira do WTTC mostra que em 2019 a emissão de gases de efeito estufa do setor totalizaram apenas 8,1% globalmente.

A divergência entre o crescimento económico do setor e sua pegada climática entre 2010 e 2019 é uma evidência de que o crescimento económico de Viagens e Turismo está a dissociar-se de suas emissões de gases de efeito estufa.

Estas emissões têm diminuído de forma consistente desde 2010, como resultado da evolução tecnológica, bem como da introdução de uma série de medidas de eficiência energética nas indústrias do setor.

Entre 2010 e 2019, o PIB do nosso setor cresceu em média 4,3% ao ano, enquanto a pegada ambiental aumentou apenas 2,4%.

A Pesquisa Ambiental e Social (ESR) mais ampla incluirá medidas do impacto do setor em relação a uma série de indicadores, incluindo poluentes, fontes de energia, uso de água, bem como dados sociais, incluindo idade, salário e perfis de género de empregos relacionados a Viagens e Turismo.

O WTTC continuará a anunciar novos dados sobre como o setor se sai em relação a esses indicadores ao longo de 2023.

Os governos de todo o mundo agora têm uma ferramenta para informar sua tomada de decisão e acelerar a mudança ambiental com mais precisão.

Julia Simpson, Presidente e CEO do WTTC, disse: “Até agora não tínhamos uma maneira setorial de medir com precisão nossa pegada climática. Esses dados fornecerão aos governos as informações detalhadas de que precisam para progredir em relação ao Acordo de Paris e aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU.

“O setor de Viagens e Turismo está fazendo grandes progressos para descarbonizar, mas os governos devem definir a estrutura. Precisamos de um foco de aço no aumento da produção de combustíveis de aviação sustentável com incentivos governamentais. A tecnologia existe. Também precisamos de um maior uso de energia renovável em nossas redes nacionais – então, quando acendemos a luz em um quarto de hotel, estamos usando uma fonte de energia sustentável.

“8,1% é a participação no terreno. A chave é tornarmo-nos mais eficientes e dissociar a taxa em que crescemos da quantidade de energia que consumimos. A partir de hoje, toda decisão, toda mudança levará a um futuro melhor e mais brilhante para todos.”

O Ministro do Turismo da Arábia Saudita, HE Ahmed Al-Khateeb acrescentou: “Estamos orgulhosos de ser um parceiro do WTTC nesta importante pesquisa que monitorará o impacto para o futuro.

A Arábia Saudita reconhece que viajantes e investidores desejam políticas que promovam a sustentabilidade no setor e embarcamos em uma jornada que fará do Reino um pioneiro no turismo sustentável.

“Sob a Iniciativa Verde Saudita, lançamos mais de 60 iniciativas no ano passado para fazer exatamente isso. A primeira onda de iniciativas representa mais de 186 bilhões de dólares em investimentos na economia verde”.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s