Machupicchu é a principal atracação turística mundial 2021

Machupicchu no Peru, tão maravilhoso e majestoso, foi eleito pelos World Travel Awards como a principal atração turística do mundo e todos os peruanos estão muito orgulhosos desta conquista. E assim estão todos os seus seguidores de todo o mundo.

Machupicchu, sua história, misticismo e energia ancestral

Machu Picchu (em quíchua Machu Picchu, “velha montanha”), também chamada “cidade perdida dos Incas”, é uma cidade pré-colombiana bem conservada, localizada no topo de uma montanha, a 2400 metros de altitude, no vale do rio Urubamba, atual Peru.

Construída no início do século XV, por volta de 1420, sob as ordens de Pachacuti, o local é o símbolo mais típico do Império Inca, quer devido à sua original localização e características geológicas, quer devido à sua descoberta tardia em 1911. Apenas cerca de 30% da cidade é de construção original, o restante foi reconstruído.

Consta de duas grandes áreas: a agrícola formada principalmente por terraços e recintos de armazenagem de alimentos; e a urbana, na qual se destaca a zona sagrada com templos, praças e mausoléus reais. A disposição dos prédios, a excelência do trabalho e o grande número de terraços para agricultura são impressionantes, destacando a grande capacidade daquela sociedade. No meio das montanhas, os templos, casas e cemitérios estão distribuídos de maneira organizada, abrindo ruas e aproveitando o espaço com escadarias. Segundo a história inca, tudo planeado para a passagem do Deus Sol.

Uma das 7 maravilhas do mundo

A atração turística foi elevada à categoria de Património mundial da UNESCO. A organização suíça New Open World Corporation (NOWC) em votação mundial gratuita pela internet e ligações telefónicas (mais de 100 milhões de votos pelo mundo) e com análise de arquitetos e arqueólogos classificou Machu Picchu como umas das sete maravilhas do mundo moderno. Há diversas teorias sobre a função de Machu Picchu, e a mais aceita afirma que foi um assentamento construído com o objetivo de supervisionar a economia das regiões conquistadas e com o propósito secreto de refugiar o soberano Inca e seu séquito mais próximo, no caso de ataque.

World Travel Awards elege Portugal como o melhor hotel em região vinícola 2021, L’AND Vineyards

Mais do que um hotel, o L’AND Vineyards é um retiro exclusivo, com 30 suítes e vilas que mesclam a arquitetura moderna com a natureza, proporcionando um ambiente de luxo sóbrio, beleza natural e tranquilidade.

Está situado no coração do Alentejo, numa paisagem única com os interiores de Márcio Kogan, a arquitetura do Promontório e as obras de arte de Michael Biberstein. No resort L’AND Vineyards pode fazer uma viagem gastronómica no restaurante, renovar-se no Spa Vinotherapie e dormir sob as estrelas entre os vinhedos em uma das suítes sky.

Durma no meio da vinha… debaixo das estrelas

O L’AND Vineyards tem 30 suites e moradias de luxo, cada uma concebida para criar um retiro perfeito sob as estrelas.

Cada suíte tem o design de interiores de Márcio Kogan com 120m2, tornando-a num retiro exclusivo, recriando um ambiente romântico e intimista que inclui um grande terraço com vistas deslumbrantes sobre a vinha, o lago e o castelo. 

As Villas L’AND são as mais recentes unidades de alojamento com o design de interiores L’AND, proporcionando-lhe uma piscina privada, grandes áreas de espaço exterior e vistas verdadeiramente únicas.

A cultura gastronómica da região


O L’AND Vineyards procura expressar a nova cultura gastronómica Portuguesa, refletindo a sua história e cultura, integrando a experiência resultante dos descobrimentos Portugueses no Oriente. Valoriza-se os produtos únicos da região, da terra e do mar.

Com a ajuda de produtores locais de agricultura biológica utiliza frutas cítricas, vegetais, queijos, ervas aromáticas, carne de gado criado no campo, peixe e marisco do porto de Setúbal e o tradicional azeite da região, procurando criar uma experiência gastronómica única que exprima a identidade portuguesa.