• +(351) 92444-9490
  • info@turismoparatodos.org
  • Lisboa, Portugal
Travel & Tourism
Aproveitando o poder da cultura e da criatividade na recuperação do turismo

Aproveitando o poder da cultura e da criatividade na recuperação do turismo

Os valores compartilhados e os laços estreitos entre os stakeholders do turismo e da cultura significam que os dois setores podem trabalhar juntos para garantir o acesso inclusivo ao património, à medida que os países ao redor do mundo recuperam-se da pandemia. Em reconhecimento a esta relação de reforço mútuo, a Organização Mundial do Turismo (OMT) e a UNESCO colaboraram para produzir um conjunto de novas diretrizes com foco no reinício responsável do turismo cultural.

A OMT convidou a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) a contribuir para o Guia de Recuperação Inclusiva da OMT, Edição 2: Turismo Cultural. Este é o segundo conjunto de diretrizes relacionadas aos impactos socioculturais da COVID-19 publicado pela OMT e continuará a ser revisado conforme a situação evoluir.

Tornar o turismo cultural relevante na recuperação

A publicação baseia-se nas perceções e experiência das duas agências da ONU para analisar o impacto da pandemia em seus respetivos setores. Isto inclui como a receita perdida está afetando severamente as comunidades, locais históricos, eventos culturais, espaços e instituições, ao mesmo tempo que enfraquece a competitividade dos destinos e a diferenciação de mercado. As diretrizes sobre turismo cultural também enfatizam a necessidade de apoio dos formuladores de políticas para garantir a relevância da cultura no planeamento de emergência e contingência em destinos turísticos.

Cooperação para um futuro melhor

Paralelamente às novas diretrizes, a OMT está exortando o setor do turismo cultural a criar estruturas de governança participativa, reunindo artistas, criadores, profissionais do turismo e da cultura, o setor privado e as comunidades locais, para um diálogo aberto, troca de dados e soluções em tempo real. O documento também defende melhores conexões urbano-rurais, de modo a garantir que os benefícios da cultura e do turismo sejam desfrutados da forma mais ampla possível.

Como resultado da pandemia, 90% dos países introduziram o fechamento total ou parcial de seus sítios do Património Mundial. Em muitos casos, locais de especial significado para a humanidade foram fechados ao público pela primeira vez em décadas. Ao mesmo tempo, a pandemia destacou a relevância do turismo e da cultura. A queda repentina nas chegadas de turistas foi sentida em todo o mundo, enquanto milhões de pessoas voltaram-se para experiências culturais virtuais em busca de conforto e inspiração.

O lançamento das diretrizes insere-se no contexto de 2021Ano Internacional da Economia Criativa para o Desenvolvimento Sustentável, uma iniciativa da ONU destinada a reconhecer como diferentes manifestações culturais, incluindo o turismo cultural, podem contribuir para o avanço dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Leave a Reply

%d bloggers like this: