UE começa a receber turistas da lista de países aprovados

Enquanto a Europa reabre seu setor de turismo, o Secretário-Geral da OMT, Zurab Pololikashvili, diz estar “muito otimista” em relação ao futuro. “[Nós] seremos o exemplo de como reabrir”, ele diz a Richard Quest. “E eu tenho certeza que em … dois, três ou quatro meses, voltaremos ao normal.”

Da lista restrita de países aprovados nos corredores europeus, 15 territórios unicamente, a depender da confirmação de reciprocidade (Algeria, Austrália, Canadá, China, Geórgia, Japão, Montenegro, Marrocos, Nova Zelândia, Ruanda, Sérvia, Correia do Sul, Tailândia, Tunísia e Uruguai).

Zurab Pololikashvili diz que a Itália, o país mais afetado pela COVID-19 irá demonstrar como reabrir o turismo, e como voltar à vida normal. O mesmo para a Espanha, ou outro país afetado na Europa. A Europa será uma exemplo para toda a comunidade e o mundo de como relançar o turismo. Esta é a primeira viagem depois de 3 meses, e passo-a-passo as fronteiras irão abrir-se. Nós iremos confiar uns nos outros, seremos turistas responsáveis, o que irá diminuir os riscos da pandemia regressar.

Zurab Pololikashvili recomenda a todos os países para reabrirem as fronteiras, esta recomendação é para todos os Estados Membros, o que não implica ter procedimentos rigorosos. É possível reabrir, estou muito otimista, apesar da situação ser crítica na América do Norte. A Europa será o exemplo de como reabrir. Em dois ou três meses as coisas vão voltar ao normal. Claro que irá depender da evolução dos dados. Mas a mensagem é clara “A Itália está aberta e a Europa está aberta”.

Relativamente aos danos permanentes à indústria do turismo, Zurab Pololikashvili diz que falando de números e em termos de prejuízos financeiros, estamos falando de US $ 1.5 triliões, e será muito difícil projetar o que virá amanhã. Amanhã dependerá da evolução da pandemia, da rapidez na reabertura de fronteiras e da retoma do normal pela coletividade. O que posso dizer hoje é que estamos no centro de Roma, e os bares e restaurantes estão abertos, os centros comerciais estão abertos, e passo-a-passo estamos a retornar à normalidade.

Uma vez mais, Zurab Pololikashvili transmite a mensagem ao mundo inteiro de otimismo e nada de pânico, para seguirem as recomendações da OMT para todos os paises, e para serem mais responsáveis. Uma mensagem boa e sólida do Secretário-Geral da OMT.

Fim.

Published by

Eveline Fernandes

Economist. Brand Manager

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s